Estados físicos da matéria


Você sabe o que são os estados físicos da matéria?
Por que a matéria assume vários formatos?




Aula - Estados físicos da matéria



Posso afirmar que se alguém perguntar para você quantos estados físicos a matéria possui, você responderá com toda a certeza do mundo:

-Ué, estado sólido, líquido e gasoso!!


Acertei? Rs. Neste post, venho conversar contigo sobre os estados físicos da matéria de uma forma diferente: eu quero te explicar por que existem esses três estados físicos.


O que ocorre com a estrutura da matéria para que ela assuma o estado sólido ou o estado líquido ou o estado gasoso?


Ficou curioso (a)? Então, saiba que você tem duas opções para consumir o conteúdo: ler o texto deste post ou assistir a vídeo-aula abaixo.

Caso prefira acessar a aula em vídeo, assista ao vídeo:



Agora, se preferir ler a explicação, bora continuar lendo este post!




Os estados físicos da matéria consistem, basicamente, no formato que a matéria pode assumir levando em conta os arranjos e movimentos de seus átomos e moléculas.


Estados físicos da matéria


Sabemos que a matéria está em constante movimento. São os movimentos dos átomos e das moléculas que constituem um estado físico. Assim, quando as moléculas e átomos de uma substância se movimentam muito, temos uma substância mais fluida. Do contrário, não terão muito movimento e a matéria será mais estática.

Na química e na física, principalmente, é comum chamarmos essa movimentação das moléculas e dos átomos de grau de agitação.



O grau de agitação mede a velocidade no qual os átomos ou moléculas se movimentam.



Para que ocorra essa movimentação a matéria precisa de energia. O tipo de energia relacionado com esse grau de agitação é chamado de energia cinética.


A energia cinética mede o grau de agitação das partículas, isto é, a velocidade na qual as moléculas e os átomos se movimentam.


Assim, se as moléculas de uma substância se movimentam muito, dizemos que a substância possui um alto grau de agitação ou grande energia cinética. Entretanto, se as moléculas se movimentam muito pouco, afirmamos que elas têm baixo grau de agitação ou baixa energia cinética.


Está me acompanhando? Ótimo! (Qualquer coisa, mande sua dúvida nos comentários!)



Agora que você já sabe que a matéria se agita constantemente e que a energia cinética está intimamente relacionada ao seu movimento, partiremos para o entendimento da relação da energia e da movimentação da matéria com os estados físicos!



Cada matéria ou cada tipo de material possui uma estrutura. Isto é, seus átomos/partículas/moléculas têm organização.


No estado sólido, essa estrutura possui formato e volume fixos. Seus átomos/moléculas estão bem unidos e organizados.

Isso ocorre porque os átomos ou moléculas no estado sólido possuem baixo grau de agitação, ou seja, baixa energia cinética. Dessa forma, sem muita movimentação, é como se seus átomos ou moléculas permanecessem parados sustentando uma estrutura, um formato. 


Estado físicos sólido e suas características: volume fixo, formato fixo, baixo grau de agitação, baixa energia cinética

Observe a figura. Nela, você conseguirá compreender melhor o que estou dizendo! Na imagem, o sólido está no formato cúbico semelhante a um cubo de gelo.

Podemos perceber que no estado físico sólido as partículas estão bem unidas formando um bloco. É isso que constitui o estado sólido! A matéria se movimenta pouco e possui um formato fixo.

Contudo, preste atenção: na natureza não há ausência de movimentação da matéria. Por mais pequena que seja a movimentação, a matéria sempre possuirá um grau de agitação: a energia cinética. 

Por exemplo, mesmo quando a água está congelada suas moléculas estão se movimentando. Não conseguimos observar a olho nu, porém, a movimentação está ali, mesmo sendo pequena.


Essa baixa movimentação das moléculas sustentará o formato e volume fixos de um sólido.



No estado líquido a matéria possui mais mobilidade. Isso ocorre porque suas moléculas contém um maior grau de agitação. Portanto, ficam mais afastadas podendo se movimentar mais livremente.

Você pode observar isso facilmente em um copo com água. A velocidade de movimento é maior! 
Ao encher um copo de água temos que tomar muito cuidado para não derramar o líquido, né? Com isso, a matéria no estado líquido assume o formato do recipiente.


Estado físico líquido e suas características: volume fixo, formato variável, grau de agitação intermediário, energia cinética intermediária.


Podemos, portanto, fazer algumas observações quanto ao estado líquido: possui volume fixo e formato variável.  

Exemplificando, se colocarmos a água contida em um copo cilíndrico em um copo quadrangular veremos que ela assumirá, facilmente, o formato do novo recipiente. Eu sei que você sempre vivencia este fenômeno, porém, nunca parou para pensar nisso, não é mesmo?

Outra informação importante é sobre a energia cinética. A energia cinética de um líquido é maior do que a de um sólido porém, menor que a energia cinética de um gás. 


Quanto ao estado físico gasoso, acredito que agora você consiga deduzir quais são as suas características.


A matéria no estado gasoso possui a maior energia cinética. Suas moléculas possuem tanta energia que estão quase que totalmente livres, afastadas umas das outras. Isso permite com que o gás tenha volume e formato variáveis.


Estado físico gasoso e suas características: volume variável, formato variável, alto grau de agitação, alta energia cinética


Por exemplo, um gás contido dentro de uma garrafa, ao ser liberado dentro de uma sala, assumirá todo o volume e formato do cômodo. Na garrafa, o mesmo gás assumia todo o volume e formato dela.


Agora você entendeu o que ocorre na estrutura da matéria para que ela assuma três estados físicos diferentes. Incrível né?

Veja no gif abaixo como a matéria se movimenta em cada estado físico.

Fonte: Toda Matéria. Movimentação das partículas em casa estado físico



Na próxima aula estudaremos como a matéria muda de estado físico. Cada tipo de mudança tem um nome! Fique atento (a)!



Referências

ATKINS, P.; JONES, L.; Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. 5º edição. Porto Alegre: Bookman, 2012.

FElTRE, R.; Química. Manual do professor. 1º edição. São Paulo: Editora Ática, 2013.

Reis, M.; Química Geral. 6º edição. São Paulo: Moderna, 2004.



Agora teste seu conhecimento respondendo as listas de exercícios a seguir:


Acesse:

Lista de exercícios sobre os estados físicos da matéria



QUERO LER O POST COMPLETO

EAM 2004 | Gabarito comentado


CPAEAM 2004 - Questões resolvidas de química






Bora conferir o gabarito comentado da EAM 2004Se liga: que os exercícios selecionados são de química!

Atenção: o gabarito comentado está ao final da página. Dessa forma, a lista servirá para outros alunos utilizarem como simulado.



1 (EAM - 2004)- O Tecnécio é um elemento químico que tem aplicação em medicina radioativa. Os números de nêutrons e elétrons de um átomo neutro deste elemento químico são, respectivamente:



a) 43 e 98
b) 55 e 45
c) 98 e 55
d) 98 e 43
e) 55 e 43


2 (EAM 2004)- Cristais de ácido salicílico quando aquecidos lentamente passam diretamente para o estado de vapor, ficando novamente sólido quando este vapor é resfriado. Os processos envolvidos são respectivamente:

a) fusão e solidificação
b) fusão e condensação
c) fusão e recristalização
d) sublimação e recristalização
e) sublimação e condensação


3 (EAM - 2004)- Considere os seguintes fenômenos:

I- o leite "azedou"
II- a fotografia amarelou
III- o éter derrama sobre a pele
IV- cozimento de um ovo
V- ferrugem da palha de aço

São fenômenos químicos:
a) I, II e III
b) I, II e V
c) I, III e IV
d) II, III e V
e) II, III e IV


4 (EAM-2004)- Um dos explosivos mais comuns pode ser fabricado em condições adequadas pelo processo reacional abaixo:

KNO+ carvão + enxofre => pólvora negra

Entre reagentes e produtos podem ser encontrados:

a) 3 substâncias simples e 1 composta
b) 2 substâncias simples e 2 compostas
c) 1 substância simples e 3 compostas
d) 4 substâncias compostas
e) 4 substâncias simples


5 (EAM - 2004)-  Considere as três misturas a seguir nas proporções indicadas:

I - sal de cozinha e água (1:100)
II - óleo e água (1:1)
III - álcool comum e água (1:1)

Os processos de separação destas misturas são respectivamente:
a) destilação, destilação, decantação
b) decantação, destilação, filtração
c) destilação, decantação, destilação
d) centrifugação, destilação, decantação
e) destilação, decantação, centrifugação


6 (EAM - 2004)- Uma aplicação do bicarbonato de sódio é como fermento na fabricação de pães e bolos, devido a liberação de CO2, representada pela equação química abaixo:

2NaHCO3 => Na2CO3 + CO2 + H2O

Esta reação é classificada como:
a) dupla troca
b) deslocamento
c) análise
d) síntese
e) oxirredução


7 (EAM - 2004)-  O cloreto de vinila é uma substância utilizada na produção de um polímero conhecido como PVC. Sua fórmula estrutural plana está a seguir representada:



Em uma molécula desta substância o número de elétrons compartilhados é igual a:
a) 4
b) 6
c) 8
d) 10
e) 12


8 (EAM - 2004)- Uma ligação iônica entre dois átomos ocorre normalmente quando eles apresentam:
a) oito elétrons na camada de valência
b) um elétron na camada de valência
c) eletronegatividades bem próximas
d) eletronegatividade bem distintas
e) octeto eletrônico completo


9 (EAM - 2004)- Muitas das substâncias utilizadas em nosso cotidiano são bases (hidróxidos) ou derivadas das mesmas. A alternativa que apresenta somente fórmulas de bases é:

a) KOH e KCl
b) Mg(OH)2 e KOH
c) NaCl e NaOH
d) MgO e CaO
e) Mg(OH)2 e NgO2



10 (EAM - 2004) - BaSO4 é um sal utilizado em radiologia para contraste. Sobre o íon (SO4)2- podemos afirmar que é:

a) um ânion composto bivalente
b) um ânion simples bivalente
c) um cátion composto bivalente
d) um cátion simples tetravalente
e) um ânion composto tetravalente

GABARITO COMENTADO



1 (EAM - 2004)- gabarito E

Saber o que representa a posição de cada número na figura é fundamental.

O número que fica na parte de baixo sempre representa o número atômico (número de prótons). O número que fica na parte de cima sempre representa a massa atômica.

O número atômico (z ou p) é o número de prótons.
A massa atômica (a) é a soma de prótons e nêutrons.

A= z + n ou A= p + n

A partir disso, basta calcular o número de nêutrons!

A= z + n
98= 43+ n
n= 98 - 43
n= 55.

Outra afirmação importante que o exercício informa é que o átomo é neutro. Neste caso, temos um átomo de igual número de prótons e elétrons, ou seja, como o átomo de Tecnécio possui 43 prótons, ele também possuirá 43 elétrons.


2 (EAM 2004)- Gabarito D

Os cristais passam diretamente para o estado de vapor, ou seja, ocorre uma sublimação: a passagem do estado sólido diretamente para o estado gasoso.

Quando esse vapor encontra uma superfície mais fria, o ácido salicílico se transforma novamente em sólido, na forma de cristal. Isto é, ocorreu o inverso: a mudança de estado físico de vapor para o estado sólido novamente. Podemos chamar esse processo de sublimação. Entretanto, como o ácido retornou à forma de cristal, chamamos o processo de recristalização.

Ótimo exercício para relembrar recristalização / cristalização (que também é considerado um processo de separação de misturas).


3 (EAM - 2004)- Gabarito B

O cozimento de um ovo também é um fenômeno químico, porém, não há alternativas totalmente corretas com essa opção.


4 (EAM-2004)- Gabarito B

Para resolver esse exercício você deve estar habituado (a) com o "formato" de uma equação química. Caso acompanhe o conteúdo do projeto, você deve ter visto na vídeo-aula sobre as propriedades química. 

Antes da seta temos os reagentes e depois da seta temos os produtos. Os reagentes, de fato, reagiram para formar a pólvora negra. Assim, sabemos que a pólvora é uma substância composta.

Quanto as outras substâncias temos que:
KNO3 é uma substância composta pois tem mais de um tipo de elemento químico.

O carvão é composto apenas por átomos de carbono (C), assim, é uma substância pura simples.

E o enxofre também é uma substância pura simples: é composto pelo próprio elemento químico enxofre (S).


5 (EAM - 2004)- Gabarito C

I- Para separar o sal de cozinha da água utilizamos o método da destilação simples

II- Óleo e água são separados por decantação

III- Álcool como e água são separados por destilação fracionada.

Uma mistura de álcool e água só podem ser separado até a porcentagem de 96% de álcool. Acima disso não é possível mais separar a mistura.

O método da destilação se aproveita da diferença de temperatura de ebulição entre os compostos. Assim, o álcool vaporiza e a água permanece líquida. Contudo, quando a solução alcança 96% de álcool, ela passa a  se comportar como uma substância pura na temperatura de ebulição, ou seja, a mistura passa a ter um único valor numérico para o ponto de ebulição. Desse modo, não é possível obter um álcool mais puro.

A proporção indicada no enunciado serve para verificarmos se a solução de álcool e água não atingiu esse limite. A proporção 1:1 indica que existe 50% de água para 50% de álcool.


6 (EAM - 2004)- Gabarito C

Reação de análise ou decomposição.

Na reação, o bicarbonato não reage com nenhum composto. Ele é decomposto em substâncias menos complexas.


7 (EAM - 2004)-  Gabarito E


8 (EAM - 2004)-  Gabarito D

Sabemos que os únicos átomos estáveis, ou seja, que não reagem facilmente, são os gases nobres. Eles têm em comum oito elétrons na camada de valência (exceção do Hélio He que possui apenas 2). Dessa forma, atribuímos essa característica como a responsável por sua estabilidade.  Por outro lado, todos os outros átomos que são instáveis não possuem oito elétrons na camada de valência, ou seja, não seguem a regra do octeto.

As ligações químicas existem justamente para esses átomos instáveis completarem sua última camada seguindo a regra do octeto. Dessa forma, elas conseguiriam se estabilizar formando moléculas.

Há átomos que recebem elétrons, outros doam elétrons e os que compartilham elétrons. A ligação do tipo iônica ocorre quando temos átomos querendo doar elétrons e átomos querendo receber elétrons. Assim, para que isso ocorra a eletronegatividade precisa ser distinta: um precisa ser bastante eletronegativo e outro pouco eletronegativo.

Lembrando que eletronegatividade é a habilidade que um átomo possui de puxar elétrons para si, quanto maior a eletronegativo maior é a força ele possui de puxar elétrons de outro átomo. Com isso, se tivermos dois átomos com valores de eletronegatividade muito próximos, nenhum deixará o outro roubar o seu próprio elétron e nem conseguirá pegar do outro.

Este é um super resumo para você ter uma noção do que ocorre nas ligações químicas, particularmente a iônica. Caso não tenha entendido este resumo, você precisa estudar um pouco mais o conteúdo por meio de uma aula ou texto mais detalhado e aprofundado.


9 (EAM - 2004)- Gabarito B

Hidróxido de Magnésio e Hidróxido de potássio.
Identificamos uma base pela fórmula molecular por meio da presença do íon-ânion hidroxila (OH)-.
Toda base possui OH- como ânion.


10 (EAM - 2004) - Gabarito A

(SO4)2- é um ânion. O 2- indica que o sulfato recebeu 2 elétrons, ou seja, está eletricamente negativo.


Esses foram os exercícios de química que caíram na EAM 2004. Dúvidas? Pergunte nos comentários!

Agora responda para a prof nos comentários: como foi o seu desempenho na provaO que você achou da prova? O seu depoimento será muito importante para que eu continue planejando conteúdos que atendam às suas necessidades.


Muito obrigada pela sua atenção e até o próximo conteúdo!


Veja também:

EAM -questões separadas por assunto e por ano

EAM 2015 - Gabarito comentado

EAM 2017 - Gabarito comentado





Deseja receber conteúdo exclusivo sobre a EAM?

* indicates required




Você prestará qual vestibular/concurso?



QUERO LER O POST COMPLETO

Lista de exercícios | Densidade


Lista de exercícios: questões sobre densidade




Esta lista abordará exercícios sobre a densidade, tanto por cálculo quanto de uma maneira teórica.  Caso tenha dúvidas ou não tenha estudado o assunto ainda, assista a vídeo-aula abaixo:


Atenção: periodicamente as listas de exercícios serão atualizadas conforme a ocorrência dos vestibulares/concursos/provas! Fique esperto (a).

Última atualização: 11/06/2020


Bora ver como esse assunto pode ser cobrado em prova?

1 (Osec – SP)- Densidade é uma propriedade definida pela relação:

a) massa/pressão.
b) pressão/temperatura.
c) massa/volume.
d) pressão/volume.


2 (UFPR-PR)- O mercúrio é um metal que possui densidade de 13,6 g/cm³ em condições normais. Dessa forma, um volume de 1 litro (1 m³) desse metal tem massa, em quilogramas, igual a:

a) 0,0136
b) 0,136
c) 1,36
d) 13,6
e) 136


3 (FMU-SP)- Um vidro contém 200 cm³ de mercúrio de densidade 13,6 g/cm³. A massa de mercúrio contido no vidro é:

a) 0,8 kg
b) 0,68 kg
c) 2,72 kg
d) 27,2 kg
e) 6,8 kg


4 (UNEMAT)- A densidade é considerada uma propriedade física específica das substâncias, que varia com a temperatura em função da contração ou expansão do material considerado, além de explicar o porquê dos icebergs flutuarem nos oceanos.

O mercúrio é um metal líquido nas condições ambiente e muito agressivo à saúde humana em função de sua toxicidade, pois é bioacumulativo, ou seja, não é metabolizado pelo organismo. Possui um valor de densidade igual a 13,6 g/cm³ nas condições ambiente.

Assim, pode-se afirmar que um frasco de vidro contendo 100 mL de mercúrio possui uma massa, em kg, correspondente a:

a) 2,72
b) 7,3
c) 1,36
d) 2720
e) 1360


5 (UNIMONTES)- O leite integral homogeneizado contém 4% de gordura (densidade 0,8 g/mL). Se um indivíduo bebe 250,00 mL desse leite, ele consome uma quantidade de gordura, em gramas, equivalente a:

a) 20,00.
b) 80,00.
c) 25,00.
d) 8,00


6 (UEG)- Considerando que o ferro tem densidade igual a 7,9 g/cm³ , o chumbo tem densidade igual a 11,3 g/cm³ e o diamante tem densidade igual a 3,53 g/cm³ e que uma amostra de 1 kg de cada material foi considerada, a que ocupará menor volume será a amostra de:

a) ferro, pois 1 kg de ferro ocupa aproximadamente 278 cm-3 .
b) ferro, pois 1 kg de ferro ocupa aproximadamente 127 cm-3 .
c) diamante, pois 1 kg de diamante ocupa aproximadamente 278 cm-3 .
d) chumbo, pois 1 kg de chumbo ocupa aproximadamente 127 cm-3 .
e) chumbo, pois 1 kg de chumbo ocupa aproximadamente 88 cm-3 .


7 (FATEC-SP)- A água líquida e o gelo apresentam densidades volumétricas diferentes. Ao colocar um recipiente com água num congelador, após certo tempo, ela se solidificará, sua massa permanecerá constante e seu volume se alterará. Quando colocamos 100 g de água líquida num congelador, ao transformar-se em gelo, seu volume:

obs: Considere as densidades: Água líquida 1,00 g/cm³ Gelo 0,92 g/cm³

a) aumentará para, aproximadamente, 192 cm³.
b) aumentará para, aproximadamente, 145 cm³.
c) aumentará para, aproximadamente, 109 cm³.
d) diminuirá para, aproximadamente, 96 cm³.
e) diminuirá para, aproximadamente, 92 cm³.



8 (UFMG)- Em um frasco de vidro transparente, um estudante colocou 500 mL de água e, sobre ela, escorreu vagarosamente, pelas paredes internas do recipiente, 50 mL de etanol. Em seguida, ele gotejou óleo vegetal sobre esse sistema. As gotículas formadas posicionaram-se na região interfacial, conforme mostrado nesta figura:



Considerando-se esse experimento, é correto afirmar que:

a) a densidade do óleo é menor que a da água.
b) a massa da água, no sistema, é 10 vezes maior que a de etanol.
c) a densidade do etanol é maior que a do óleo.
d) a densidade da água é menor que a do etanol.


9 (UEMG)-

Densidade
Quando me
centro em mim,
cresce a minha densidade.

Mais massa
no mesmo volume
das minhas possibilidades.
Cheio,
deixo de flutuar.

htttp://www.spq.pt/. Acesso em 20/7/2014

Se, no contexto do poema, os versos acima fossem relacionados a um objeto sólido, 

a) este flutuaria, se colocado num líquido de menor densidade.
b) este afundaria, se colocado num líquido de maior densidade.
c) este afundaria, se colocado num líquido de menor densidade.
d) este flutuaria, independentemente da densidade do líquido.


10 (UFRN)- Considere as seguintes densidades em g/cm³:


Ao serem adicionados à água pura, em temperatura ambiente, pedaços de cada um desses materiais, observa-se flutuação de:
a) carvão e alumínio.
b) carvão e pau-brasil.
c) alumínio e diamante
d) pau-brasil e diamante.
e) alumínio e pau-brasil.


11 (UFPI)- Em uma cena de um filme, um indivíduo corre carregando uma maleta tipo 007 (volume de 20 dm³) cheia de barras de um certo metal. Considerando que um adulto de peso médio (70 kg) pode deslocar com uma certa velocidade, no máximo, o equivalente ao seu próprio peso, indique qual o metal, contido na maleta, observando os dados da tabela a seguir.
(Dado: 1 dm3 = 1L = 1 000 cm3.)

Densidade de alguns materiais

a) Alumínio.
b) Zinco.
c) Prata.
d) Chumbo.
e) Ouro.


12 (UFG-GO)- Em um recipiente contendo 100 mL (1,37 kg) de mercúrio líquido, são colocados dois cubos (A e B), com volumes de 2 cm³ cada, de um material inerte diante do mercúrio. Os cubos têm massas de 14 g e 20 g, respectivamente. Ao serem colocados no recipiente:

a) os cubos vão para o fundo.
b) o cubo A afunda e o B flutua.
c) o cubo B afunda e o A flutua.
d) os cubos flutuam a meio caminho do fundo.
e) os cubos ficam na superfície do líquido.


13 (UFPE)- Para identificar três líquidos – de densidades 0,8, 1,0 e 1,2 – o analista dispõe de uma pequena bola de densidade 1,0. Conforme as posições das bolas apresentadas no desenho a seguir, podemos afirmar que:


a) os líquidos contidos nas provetas 1, 2 e 3 apresentam densidades 0,8, 1,0 e 1,2.
b) os líquidos contidos nas provetas 1, 2 e 3 apresentam densidades 1,2, 0,8 e 1,0.
c) os líquidos contidos nas provetas 1, 2 e 3 apresentam densidades 1,0, 0,8 e 1,2.
d) os líquidos contidos nas provetas 1, 2 e 3 apresentam densidades 1,2, 1,0 e 0,8.
e) os líquidos contidos nas provetas 1, 2 e 3 apresentam densidades 1,0, 1,2 e 0,8.


14 (CEFET)- Durante uma aula prática, um professor solicita a um aluno que investigue qual a composição química de um determinado objeto metálico. Para isso, ele:

• Estima o volume em 280 cm³,
• Mede a massa, obtendo 2,204 kg,
• Consulta a tabela de densidade de alguns elementos metálicos.


Nessa situação, o aluno concluiu, corretamente, que o objeto é constituído de
a) ferro. 
b) cobre.
c) estanho.
d) alumínio.


15 (FUVEST-SP)- Em uma indústria, um operário misturou, inadvertidamente, polietileno (PE), policloreto de vinila (PVC) e poliestireno (PS), limpos e moídos. Para recuperar cada um destes polímeros, utilizou o seguinte método de separação: jogou a mistura em um tanque contendo água (densidade = 1,00 g/cm³), separando, então, a fração que flutuou (fração A) daquela que foi ao fundo (fração B). Depois, recolheu a fração B, secou-a e jogou-a em outro tanque contendo solução salina (densidade = 1,10g/cm³), separando o material que flutuou (fração C) daquele que afundou (fração D).

(Dados: densidade na temperatura de trabalho em g/cm³: polietileno = 0,91 a 0,98; poliestireno = 1,04 a 1,06; policloreto de vinila = 1,5 a 1,42).

As frações A, C e D eram, respectivamente:

a) PE, PS e PVC
b) PS, PE e PVC
c) PVC, PS e PE
d) PS, PVC e PE
e) PE, PVC e PS


16 (FATEC-SP)- Nas figuras apresentadas, observam-se três blocos idênticos e de mesma densidade que flutuam em líquidos diferentes cujas densidades são, respectivamente, d1 , d2 e d3 . A relação correta entre as densidades dos líquidos está melhor representada pela alternativa:



a) d1 = d2 > d3
b) d1 < d2 = d3
c) d3 > d1 > d2
d) d2 > d1 > d3
e) d1 > d3 > d2


17 (UFRGS)- Em experimento bastante reproduzido em vídeos na internet, é possível mostrar que uma lata contendo refrigerante normal afunda em um balde com água, ao passo que uma lata de refrigerante dietético flutua. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do  enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

A propriedade física a que se deve esse comportamento é a ........ e pode ser explicada pela ........ .

a) densidade – maior quantidade de açúcar no refrigerante normal
b) solubilidade – presença de adoçante no refrigerante dietético
c) densidade – maior quantidade de gás no refrigerante dietético
d) solubilidade – maior quantidade de açúcar no refrigerante normal
e) pressão osmótica – maior quantidade de gás no refrigerante dietético


18 (Colégio Naval) - Qual é a massa (expressa em gramas) de uma amostra com volume de 3 mL de álcool etílico, e cujo valor de sua densidade, nas condições de temperatura e pressão em que se encontra, é de 0,79 g/mL?

(A) 0,26
(B) 2,37
(C) 2,73
(D) 3,79
(E) 8,78


19 (Univag)- Um dos processos de separação de misturas empregados na reciclagem de plásticos é realizado em um tanque cheio de água onde são despejados os materiais que se quer separar. Nessa separação, materiais como o polipropileno e os polietilenos flutuam sobre a água e materiais como o ABS e as poliamidas afundam.
(www.tudosobreplasticos.com. Adaptado.)

Esse processo de separação é possível porque os materiais citados no texto apresentam, em relação à água, diferentes

a) densidades.
b) reatividades. 
c) solubilidades.
d) permeabilidades.
e) porosidades.


20 ( ENEM PPL)- O acúmulo de plásticos na natureza pode levar a impactos ambientais negativos, tanto em ambientes terrestres quanto aquáticos. Uma das formas de minimizar esse problema é a reciclagem, para a qual é necessária a separação dos diferentes tipos de plásticos. Em um processo de separação foi proposto o seguinte procedimento:

I. Coloque a mistura de plásticos picados em um tanque e acrescente água até a metade da sua capacidade.
II. Mantenha essa mistura em repouso por cerca de 10 minutos.
III. Retire os pedaços que flutuaram e transfira-os para outro tanque com uma solução de álcool.
IV. Coloque os pedaços sedimentados em outro tanque com solução de sal e agite bem.

Qual propriedade da matéria possibilita a utilização do procedimento descrito?

a) Massa
b)Volume.
c) Densidade.
d) Porosidade.
e) Maleabilidade


21 (Colégio Naval)- Qual é a massa (expressa em gramas) de uma amostra de um solvente líquido e puro, com volume de 3 mL e cuja densidade absoluta é aproximadamente 0,73 g/mL?


22 (ENCCEJA)- Para saber se a massa de pão caseiro está pronta para ir ao forno, coloca-se uma bolinha de massa em um copo com água. A bolinha afunda porque sua densidade é maior do que a densidade da água. Após algum tempo, é produzido gás carbônico resultante do processo de fermentação, que altera o volume da bolinha.

Depois desse processo, a bolinha da massa de pão estará mais próxima do (a)

a) fundo porque seu volume aumentou
b) superfície porque seu volume diminuiu
c) fundo porque sua densidade aumentou
d) superfície porque sua densidade diminuiu


GABARITO COMENTADO



1 (Osec – SP)- Gabarito C

Densidade é a quantidade de massa contida em certa quantidade de volume.
d=m/v


2 (UFPR-PR)- Gabarito D

Para aplicarmos os dados na fórmula de densidade, precisamos primeiro fazer uma conversão para cm³.

1 litro = 1 m³ = 1000 cm³

d = densidade;
m = massa;
v = volume.


3 (FMU - SP)- Gabarito C

Pela densidade sabemos que há 13,6 g de mercúrio em 1 cm³. Assim, podemos resolver esse problema aplicando os valores dados na fórmula da densidade.



4 (UNEMAT)- Gabarito C



5 (UNIMONTES)- Gabarito D




6 (UEG-GO)- Gabarito E

Se você viu a vídeo-aula do OLBQ sobre densidade, você saberia que o metal mais denso é aquele que ocupa menos volume. Há mais massa concentrada por unidade de volume.

Neste caso, o metal mais denso é o chumbo. Isso já eliminaria as alternativas A, B, e C. Analisando as alternativas D e E, poderíamos comparar os seus valores com a densidade real do chumbo, poderíamos afirmar que o gabarito da questão é a alternativa E.

Essa é uma forma de resolver. Contudo, vamos aos cálculos.




7 (FATEC-SP)- Gabarito C




8 (UFMG)- Gabarito A

A substância mais densa vai para o fundo e a menos densa fica na superfície. Assim, como o óleo vegetal ficou acima da água ele é menos denso.

b) O exercício informa apenas o volume das substâncias. Dessa forma, não é possível calcular o valor de massa para compará-las. Para que pudéssemos compará-las, precisaríamos do próprio valor das massas ou da densidade de cada substância para calcular as massas.

c) A densidade do etanol é menor que a do óleo

d) A densidade da água é maior.


9 (UEMG)- Gabarito C

Este afundaria em um líquido de menor densidade.

A substância mais densa sempre vai para o fundo do recipiente e a menos densa flutua no líquido. O sólido mais denso afundaria no líquido.


10 (UFRN)- Gabarito B

Basta analisar os valores dados na tabela: se a densidade for maior que 1 g/cm³ (que é a densidade da água), a substância afunda; se a densidade for menor que 1 g/cm³ a substância flutua.

Dessa forma, concluímos que o carvão e o pau-brasil irão flutuar na água.


11 (UFPI)- Gabarito A





12 (UFG-GO)- Gabarito E






13 (UFPE-PE)- Gabarito A



Proveta 1: a bola afundou, logo, a densidade do líquido é menor que 1,0. Assim, a densidade do líquido 1 é 0,8.

Proveta 2: a bola ficou no meio do líquido, logo, a densidade do líquido 2 deve ser igual à da bola: 1,0.


Proveta 3: a bola flutuou, logo, o líquido é mais denso do que a bola: 1,2.



14 (CEFET)- Gabarito A


Conforme o cálculo, o objeto metálico é feito de ferro.


15 (FUVEST-SP)- Gabarito A


A fração A é composta pelos polímeros de menor densidade que a água. Assim, o polímero que compõe a fração A é o polietileno (PE).

A fração B é composta pelos polímeros mais densos que a água, o restante: poliestireno (PS) e policloreto de vinila (PVC).

A fração C, aquela que flutuou na solução salina, deve ser, portanto, menos densa do que a solução. Dessa forma, o polímero menos denso é o poliestireno (PS).


Por fim, a fração D deve ser composta pelo PVC por ser mais denso do que a solução salina, com isso, ele afundará.

Portanto, temos que:

Fração A: PE
Fração C: PS
Fração D: PVC


16 (FATEC-SP)- Gabarito C


O líquido 1 têm a mesma densidade do bloco, pois, este não flutua e nem afunda no líquido.

O líquido 2 é mais denso do que o bloco, pois este flutua no líquido.

O líquido 3 é menos denso do que o bloco, pois este vai para o fundo do recipiente.

Logo, o líquido 2 é o mais denso, seguido do líquido 1 e 3 respectivamente.

Assim, temos que: d2> d1 > d3


17 (UFRGS)- Gabarito A


Os dois refrigerantes têm a mesma quantidade de gás. A única diferença entre o refrigerante normal e o dietético seria a quantidade de açúcar. Logo, se a lata com refrigerante normal afunda ela é mais densa.


18 (Colégio Naval)- Gabarito B

d=m/v
m=d.V
m= 0,79 . 3
m= 2,37 g


19 (Univag)- Gabarito A

Nenhuma da outras alternativas se encaixa na situação ocorrida. A diferença de densidades das dos plásticos permitirá com que eles sejam separados pela água. Tendo a água uma densidade intermediária, um dos plásticos flutuará nela e o outro afundará.



20 ( ENEM PPL)- Gabarito D

A propriedade que permite com que plásticos flutuem ou afundem em um líquido é a densidade.


21 (Colégio Naval)- Gabarito C

m = d x V
m = 0,73 x 3 = 2,19 aproximadamente.


22 (ENCCEJA PPL)- Gabarito D



Esses foram todos os exercícios sobre densidade que encontrei! Sempre que houver exercícios novos sobre o assunto atualizarei a lista.

Espero que tenha ajudado! Dúvidas? Pergunte nos comentários.

Muito obrigada pela sua atenção e até o próximo conteúdo!

Acesse a relação de todas as listas de exercícios

QUERO LER O POST COMPLETO

Você realmente entende o que é densidade? | Vídeo-aula



Talvez você saiba realizar o cálculo da densidade utilizando a seguinte fórmula: d=m/V

Contudo, a pergunta que te faço é: você realmente sabe o que a densidade significa? O que ela representa?

Saiba que se você não consegue explicar o conceito de densidade além da fórmula matemática, você não é o (a) único (a)!

A realidade é que a maioria das pessoas (salvo os profissionais da área química, física, biologia e áreas correlatas) não entende o real conceito de densidade.

Nesta vídeo-aula, procuro explicar para você a densidade além da fórmula! No vídeo, discutiremos juntos, eu e você, sobre:

-A fórmula: mesmo que a densidade seja mais do que uma fórmula, é importante falarmos sobre o seu cálculo. Afinal, muitas pessoas ainda não aprenderam muito bem sobre como fazer o cálculo da densidade e como utilizar a fórmula da densidade. Talvez você até seja uma dessas pessoas, né?

-Unidades de medida e conversão de unidade de medida

-O conceito de densidade além da fórmula matemática

-Qual é a importância da densidade?

-Como a sua prova pode cobrar densidade por meio de cálculo e de uma maneira teórica?


Precisa entender algum desses tópicos? Bora assistir a vídeo-aula! Tenho certeza de que o conceito ficará muito mais claro para você!




Além de assistir a vídeo-aula é importante que você resolva exercícios para fixar melhor o conteúdo aprendido (e ter certeza de que você realmente aprendeu). Por isso, separei uma relação de exercícios com gabarito comentado para você treinar:

Lista de exercícios sobre densidade

Nota: 1 m³ = 1000 L, essa é a conversão correta da unidade de medida

Referências


ATKINS, P.; JONES, L.; Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. 5º edição. Porto Alegre: Bookman, 2012.

BRADY, J. E.; HUMISTON, G. E.; Química Geral, vol. 1. 2ª edição. LCT, 1995.

https://midia.atp.usp.br/plc/plc0013/impressos/plc0013_top02.pdf

http://www.ufjf.br/quimica/files/2015/06/2018-QUI126-AULA-6-PROPRIEDADES-F%C3%8DSICAS-DAS-SUBST%C3%82NCIAS.pdf

https://www.researchgate.net/publication/327257720_Explorando_o_conceito_Densidade_com_estudantes_do_ensino_fundamental



QUERO LER O POST COMPLETO

EAM 2005 | Gabarito comentado


CPAEAM 2005 - Questões resolvidas de química





Bora conferir o gabarito comentado da EAM 2005Se liga: que os exercícios selecionados são de química!

Atenção: o gabarito comentado está ao final da página. Dessa forma, a lista servirá para outros alunos utilizarem como simulado.


1 (EAM - 2005)- Um elemento químico é caracterizado por seu número

a) atômico
b) de nêutrons
c) de elétrons
d) de isótopos
e) de íons


2 (EAM - 2005)- Numa perspectiva mais moderna da estrutura da matéria, considera-se que as únicas partículas elementares são os quarks e os léptons. Nesse modelo, a forte interação entre três tipos de quarks estáveis (Up, Down e Strange), dos seis que se supõe existir, dá origem a partículas como prótons e nêutrons, também conhecidos como hádrons, conforme demonstram as tabelas abaixo.


Considerando os dados acima, qual das opções apresenta a correta constituição do núcleo de um átomo de 

de acordo com a teoria dos Quarks?

a) 58 Up e 59 Down
b) 59 Up e 98 Down
c) 77 Up e 97 Down
d) 97 Up e 77 Down
e) 79 Up e 98 Down


3 (EAM - 2005)- O ouro 18 quilates é uma liga formada por 75% de ouro e 25% de cobre e prata, em massa. Qual dos gráficos abaixo representa corretamente a fusão dessa liga?



4 (EAM-2005)- Na garimpagem do ouro, encontrado na forma de pó, é utilizado o mercúrio líquido que forma uma liga metálica com o ouro, a fim de separá-lo da areia. Posteriormente, esses dois metais são separados por meio do aquecimento da liga metálica, até a evaporação completa do mercúrio, obtendo-se assim, o ouro puro. Esse procedimento é possível, pois o mercúrio possui:
a) Menor densidade
b) Maior volume molar
c) Menor massa molar
d) Menor temperatura de ebulição
e) Maior temperatura de ebulição.


5 (EAM-2005)- Assinale a opção INCORRETA, em relação às propriedades específicas da matéria.
a) A condutibilidade elétrica dos metais é mais alta do que a dos não metais.
b) Ductibilidade é a propriedade que se refere à capacidade de formar fios.
c) A dureza de um material é a sua resistência à queda.
d) É denominado de maleável o material que pode ser moldado.
e) A tenacidade mede a resistência de um material ao choque mecânico.


6 (EAM-2005)- Em determinadas marcas de água mineral, encontram-se no rótulo expressões como "água da montanha", destacando a qualidade do produto. Tomando como base o conceito científico de pureza de uma substância, qual das opções abaixo apresenta um tipo de água que pode ser denominada de pura?

a) Gaseificada
b) Potável
c) Filtrada
d) Destilada
e) Mineral


7 (EAM - 2005)- Assinale a opção que apresenta processos químicos

a) Dissolução de cloreto de sódio em água; fusão do chumbo; combustão de um palito de fósforo.
b) Formação de ferrugem; fotossíntese; cozimento de um ovo.
c) Caramelização de açúcar; destilação fracionada de ar líquido; sublimação de iodo.
d) Fusão de aspirina; obtenção de amônia (NH3) a partir de nitrogênio e hidrogênio
e) Obtenção de gelo a partir da água destilada; evaporação do álcool; sublimação do iodo; precipitação da chuva.


8 (EAM - 2005)- Ao se determinar o ponto de ebulição de certa substância, foi encontrado um valor menor que o tabelado para a mesma. Isto ocorreu porque:

a) a quantidade de substância utilizada na determinação foi menor do que a necessária
b) a quantidade de substância utilizada na determinação foi maior do que a necessária
c) uma parte da substância não fundiu
d) a substância está 100% pura
e) a substância contém impurezas


9 (EAM- 2005)- Os elementos Sódio e Hidrogênio reagem com Cloro para formar, respectivamente,

a) um sal e uma base
b) um composto iônico e um molecular
c) dois sais
e) dois compostos iônicos
e) dois compostos covalentes

GABARITO COMENTADO


1 (EAM - 2005)- Gabarito A

O número atômico, também conhecimento como número de prótons, é a identidade de um átomo.

Um mesmo tipo de elemento químico possui o mesmo número de prótons.

Por exemplo, o elemento químico Oxigênio (O) possui 8 prótons. Portanto, todo elemento químico que tiver 8 prótons será um oxigênio. O que pode variar é o número de nêutrons e elétrons.


2 (EAM - 2005)- Gabarito A

Este exercício pode ter assustado muitas pessoas justamente por cobrar uma perspectiva mais moderna da estrutura da matéria, porém, observando com mais atenção o enunciado, é fácil perceber que a essa parte da química desconhecida por muitos de vocês é pura interpretação de texto.

O conteúdo da química que realmente é cobrado nas alternativas é o que você estudou na escola ou curso preparatório:

-Saber o que é próton e o que é nêutron
-Saber o que representa a posição dos números na figura do elemento químico.
-Saber o que é massa atômica e calculá-la

Com isso, o primeiro passo é identificar através da figura do elemento químico potássio (K) quantos prótons e nêutrons há em seu núcleo.

Para isso, basta utilizar seus conhecimentos:

A= z + n
n= A-z
n= 39 - 19
n= 20.

Descobrindo o número de nêutrons (20) e o número de prótons (19). Basta utilizar as informações que o exercício informa para chegar ao resultado da questão.


É possível obter os resultados abaixo por meio de regra de três:

Se um nêutron possui 1 Up, 20 nêutrons possuem 20 Up.

Se um nêutron possui 2 Down, 20 nêutrons possuem 40 Down

Se um próton possui 2 Up, 19 prótons têm 38 Up e 19 Down.

Somando:

20 up + 38 Up= 58 Up
40 Down + 19 Down = 59 Down


3 (EAM - 2005)- Gabarito C

O ouro é uma mistura de ouro e prata. Logo, o gráfico da mudança de estado físico é representado pela alternativa C. Misturas (com exceção da azeotrópica e eutética) possuem valores variados de temperatura de ebulição e temperatura de fusão. Esses valores são representados por uma faixa de temperatura e não por um valor fixo, como ocorre em substâncias puras.


4 (EAM-2005)- gabarito D


5 (EAM-2005)- gabarito C


6 (EAM-2005)- Gabarito D

A água destilada é considerada pura pois possui apenas moléculas de H2O, não contém sais minerais.  Todas as outras alternativas possuem outras substâncias além da H2O


7 (EAM - 2005)- Gabarito B

a) Dissolução e fusão são indicativos de fenômeno físico.
c) Destilação e sublimação são fenômenos físicos
d) Fusão da aspirina é fenômeno físico.
e) Todos são fenômenos físicos


8 (EAM - 2005)- Gabarito E

Tanto o ponto de ebulição (PE) quanto o ponto de fusão (PF) é fixo para cada substâncias. Exemplificando:

O PE da água é 100ºC a nível do mar
O PF da água é 0ºC. Esses valores são fixos, são  independente da quantidade de água. Assim, teoricamente, a água de uma piscina funde na mesma temperatura do que a água contida dentro de um copo.

Entretanto, os valores de PE e de PF podem se alterar conforma a composição da substância, se ela contém impurezas ou se está misturada propositalmente com outras substâncias, o PE e o PF não serão os mesmos.

Logo, voltando ao exercício, se o ponto de ebulição da substância estava diferente do tabelado, isso só pode ter ocorrido por conta das impurezas que devem estar contidas na substância.


9 (EAM- 2005)- Gabarito B

(Na+) + (Cl-)   -> NaCl
(H+)   + (Cl-)   -> HCl

Essa reação é chamada de reação de síntese ou de adição: quando duas ou mais substâncias reagem formando um produto mais complexo.

Cada reação forma, respectivamente, um sal e um ácido. Podemos chamar as substâncias formadas de composto iônico e composto molecular.


Composto iônico é aquele que realiza ligação iônica.


Composto molecular é aquele que realiza ligação covalente.



Esses foram os exercícios de química que caíram na EAM 2005. Dúvidas? Pergunte nos comentários!

Agora responda para a prof nos comentários: como foi o seu desempenho na provaO que você achou da prova? O seu depoimento será muito importante para que eu continue planejando conteúdos que atendam às suas necessidades.


Muito obrigada pela sua atenção e até o próximo conteúdo!


Veja também:

EAM -questões separadas por assunto e por ano

EAM 2015 - Gabarito comentado

EAM 2017 - Gabarito comentado



Deseja receber conteúdo exclusivo sobre a EAM?

* indicates required




Você prestará qual vestibular/concurso?



QUERO LER O POST COMPLETO