ETEC 2019 1º semestre | Gabarito comentado

em 2/08/2019


Confira a resolução comentada dos exercícios de química do vestibulinho ETEC do primeiro semestre de 2019





Bora conferir o gabarito comentado do vestibulinho ETEC do 1º semestre de 2019? Se liga que os exercícios selecionados são de química! Se quiser ver a correção comentada de todos os exercícios de Ciências, peça nos comentários!


PROVA ETEC 1º SEMESTRE DE 2019 - QUÍMICA



Atenção: o gabarito comentado está no final da página. Dessa forma, a lista servirá para outros alunos utilizarem como simulado.


Leia o texto para responder às questões de números 06 a 08 
A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2019 como sendo o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos (IYPT 2019, em inglês). Um dos principais motivos para a comemoração é que em 2019 completamos 150 anos desde a primeira tabela de Dmitry Mendeleev. Ele, na tentativa de organizar os elementos químicos conhecidos na época, inspirou-se em cartas do baralho que usava para jogar paciência e fez algo parecido com os elementos. Pegou fichas brancas e nelas escreveu o símbolo dos elementos químicos conhecidos e uma curta lista de suas propriedades químicas. Passou então a se concentrar sobre aquelas fichas e num dado momento, foi vencido pela exaustão e adormeceu, tendo um sonho em que via uma tabela na qual os elementos se encaixavam exatamente como pretendia. Ao despertar do sono, escreveu imediatamente essa tabela. Ele compreendeu que, quando os elementos eram escritos numa ordem crescente de massa atômica, várias propriedades químicas se repetiam em intervalos regulares (periódicos). Por isso, a sua descoberta recebeu o nome de Tabela Periódica dos Elementos. O mais impressionante dessa descoberta e que fez com que ele fosse levado a sério pela comunidade científica foi que ele deixou alguns espaços vagos, dizendo que nenhum elemento se encaixava ali porque eles ainda não haviam sido descobertos, mas que ainda seriam. Além disso, ele especificou até mesmo quais seriam as propriedades desses elementos químicos ainda não descobertos. E, impressionantemente, foi o que realmente aconteceu. Após a publicação de sua tabela, os elementos germânio, gálio e escândio foram descobertos e possuíam as propriedades descritas por ele. Atualmente, a Tabela Periódica dos Elementos Químicos está organizada em ordem crescente de número atômico (Z), porque, na realidade, não são as massas atômicas que definem as propriedades de cada elemento, mas sim o número atômico. Apesar de terem sofrido vários ajustes ao longo dos anos, as Tabelas Periódicas modernas continuam baseadas sobre a estrutura essencial criada por Mendeleev. No ano de 1955, um novo elemento químico foi descoberto, tendo número atômico 101, sendo instável e sujeito a sofrer fissão nuclear espontânea. Ele recebeu o nome de mendelévio, em homenagem a esse grande cientista.
Acesso em: 21.10.2018. Adaptado. Original colorido

6) De acordo com o texto, assinale a alternativa correta. 
(A) Mendeleev construía seus baralhos para jogar paciência. 
(B) O baralho de Mendeleev continha os elementos químicos conhecidos na época. 
(C) Na Tabela de Mendeleev, os elementos estão organizados em ordem crescente de número atômico. 
(D) A Tabela Periódica, recebeu esse nome porque as propriedades dos elementos, na organização elaborada por Mendeleev, repetiam-se periodicamente. 
(E) A Tabela Periódica, usada nos dias de hoje, ainda é igual à primeira tabela de Mendeleev com os elementos em ordem crescente de massas atômicas.

7) Mendeleev deixou, em sua Tabela, espaços vazios, 
(A) pois havia sonhado com novos elementos químicos e passou a pesquisá-los. 
(B) porque previa a descoberta de novos elementos químicos, o que realmente ocorreu posteriormente. 
(C) que foram preenchidos por novos elementos, com características diferentes das previstas por ele. (D) porque não existiam elementos que apresentassem as massas atômicas que deveriam ocupá-los. (E) para serem preenchidos por elementos químicos que havia descoberto, pouco antes de sonhar com a tabela.

8) O elemento químico, cujo nome é em homenagem a esse grande cientista, apresenta 
(A) número atômico igual a 258. 
(B) número de massa igual a 101. 
(C) estabilidade nuclear. 
(D) número de prótons igual a 101.
(E) estabilidade na sua eletrosfera.

24) Leia o trecho da letra da música Química, de João Bosco e Vinícius de Moraes.

Desde o primeiro dia que a gente se viu
Impressionante a química que nos uniu
E o tempo foi tornando tão intenso o nosso amor
Faróis iluminavam o meu coração
Feito faísca que virou uma explosão
E o tempo foi tornando tão intensa a nossa paixão 

Na segunda estrofe, a faísca desencadeia uma transformação 
(A) química e exotérmica, pois há liberação de energia. 
(B) química e endotérmica, pois há absorção de energia. 
(C) física e exotérmica, pois há absorção de energia. 
(D) física e endotérmica, pois há liberação de energia. 
(E) física e sem variação de energia.


Considere a imagem, que apresenta algumas peças de um quebra-cabeça de cátions e ânions, para responder às questões de números 29 a 31



29) Sabendo que os compostos devem apresentar a neutralidade de cargas, um aluno do 9º ano do Ensino Fundamental está usando as peças do quebra-cabeça para descobrir as fórmulas de algumas substâncias químicas. Quando ele unir as peças que apresentam os íons K+ e NO3 , estará representando um composto:
(A) iônico, denominado nitrato de potássio. 
(B) iônico, denominado potássico de nitrogênio. 
(C) molecular, denominado nitrato de potássio. 
(D) molecular, denominado potássio de nitrogênio. 
(E) metálico, denominado nitrato de potássio.

30) Unindo as peças do quebra-cabeça de cátions e ânions, o aluno pode concluir, corretamente, que o cloreto de bário apresenta a fórmula 
(A) BaCl 
(B) BaCl2 
(C) ClBa 
(D) ClBa2
(E) Ba2Cl2

31) Leia o trecho do poema A Arte de Cozinhar, de Vânia Jesus.

Mais um pouco de alecrim por favor
e uma pitada de sal
não ficava nada mal!
Prova-se o gosto
verificam-se os temperos,
fazem-se poemas com ingredientes,
agora uma batata, ora uma cenoura,
junta-se coentros, um fio de azeite,
depois o tomate, o lume acende-se
e a magia acontece…
Acesso em: 23.10.2018. Adaptado.

 Na segunda linha, a autora faz referência a um tempero muito utilizado em nossas cozinhas. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, os números das peças do quebra-cabeça que representam a fórmula do principal componente desse tempero.

      CÁTION    ÂNION 
(A)      4                  3 
(B)      5                  4 
(C)      5                  2 
(D)      3                  3 
(E)      3                  4


GABARITO COMENTADO


6) Alternativa d
Questão típica de interpretação de texto. Para respondê-la basta ler o texto.
Mendeleev criou fichas para cada elemento químico e as organizou em ordem crescente de massa atômica. A partir dessa organização, ele percebeu que os elementos formavam grupos com propriedades semelhantes. E, conforme a massa atômica aumentava, essas propriedades se alteravam periodicamente, por isso, o nome de Tabela Periódica.


7)Alternativa b
Mendeleev sonhou que os elementos químicos descobertos até então poderiam ser organizados em uma tabela, entretanto, não sonhou com os espaços vazios. Com base na organização dos elementos através de suas massas atômicas,ele viu que entre um elemento químico e outro, se encaixava uma massa atômica ainda seguindo uma ordem crescente. Mendeleev afirmou então que neste espaço poderia ser encaixado um elemento químico ainda não descoberto.
Posteriormente, os elementos descobertos tinham a massa e as propriedades previstas pelo cientista.


8) Alterntiva d
Número de prótons igual a 101. A identificação de um átomo/elemento químico ocorre através do número de prótons que é sempre fixo. O número de nêutrons e elétrons pode variar.


24) Alternativa a
A faísca é uma transformação química exotérmica. O termo "exotérmico" informa que há liberação de energia. Neste caso, a energia liberada é a explosão.


29) Alternativa a
Composto iônico é formado através de uma ligação iônica. Esta ligação ocorre entre um cátion que doa elétrons e um ânion que recebe elétrons.
Chamamos de nitrato o ânion NO3- e de potássio o cátion K+.


30) Alternativa b
O cátion Bário possui valência 2+, isso significa que ele pode doar dois elétrons. Doando dois elétrons ele fica mais positivo, por isso, o sinal de +.
Já o ânion Cloro possui valência de -1, isso significa que para ficar estável (completar oito elétrons na última camada), ele precisa receber 1 elétrons.

Para que a ligação em os átomos Bário e Cloro ocorra é necessário que ambos fiquem estáveis. Assim, Como o Bário doa 2 elétrons e o Cloro recebe apenas 1, para que a ligação seja efetivada,  dois cloros realizar ligação com 1 Bário.


31) Alternativa E
Na segunda linha temos "uma pitada de sal". Este sal no qual o texto se refere é o famoso sal de cozinha, cuja formula é NaCl. Na tabela dada para responder o exercício, temos que Na+ é o número 3 e Cl- é o número 4.



Esses foram os exercícios de química que caíram na prova. Caso queira a resolução de todos os exercícios de Ciências, comente aí embaixo!

Muito obrigada pela sua atenção e até o próximo conteúdo!

2 comentários , comente também!